PIRATARIA: Marinha da Dinamarca liberta 14 reféns

A marinha dinamarquesa apreendeu um navio que se encontrava sob o controlo de piratas próximo da costa da Somália e libertou 14 reféns, informaram fontes militares daquele país.

O navio de guerra Absalon, integrado na missão Ocean Shield (Escudo Oceânico) da  Organização do Tratado do Atlântico Norte, contra a pirataria, capturou o navio de pesca e 25 piratas no sábado, segundo informações do porta-voz da marinha da Dinamarca.

Os  piratas, que se acredita serem da Somália, foram interrogados no domingo.

“A operação correu conforme planificada, sem baixas para a tripulação, reféns ou piratas”, afirmou o comandante do Absalon, Carsten Fjord Larsen, em comunicado.

Os reféns eram do Paquistão e do Irão, informou a nota.

A pirataria é comum ao longo do Corno de África, afectando rotas marítimas entre a Europa e a Ásia e colocando marinheiros, navios e cargas em risco, com avultados prejuízos para os armadores da região.

O navio de pesca carregava pequenos barcos com motores. Os piratas usam frequentemente este tipo de embarcação mais leve para abordar os navios.

Fonte: http://jornaldeangola.sapo.ao/13/0/marinha_dinamarquesa_liberta_refens

Anúncios